1 de abr de 2012

Poemas do Coração 7!


Enterrada Viva

Eu não sei quanto tempo mais posso ficar sem fazer nada
Eu estou presa á quanto tempo?
Enjaulada como uma ave
O mundo parece tão triste
Se você acredita em mim por favor
Me liberte dessa prisão
Eu fui enterrada aqui á pelo menos um século
Durante esse tempo o que não faltou foi reflexão
Eu fui enterrada viva
Você nao sabe o que eu passei
Mas como eu pude ser tão tola?
Não vi que você não me amava
Eu sofri por nada
Eu morri por você
Eu fui enterrada viva
Você foi embora e me deixou aqui
Não obtive nada em troca
Eu fui enterrada viva
Agora minha alma é fria
Meu coração não funciona mais
Mas ele ainda te ama por igual
Mesmo você não se lembrando de mim
Eu sei que algum dia sairei daqui
Mas até esse dia chegar
Eu me lembrarei muito bem
Do seu rosto angelical e belo
De como era cavalheiro ao falar
Mesmo você não gostando de mim
Eu te amei por mais de um século
Você não sabe o que é tortura 
Eu fui enterrada viva
O que eu vejo agora?
É tudo ódio e ira
Nunca serei libertada
Nunca viverei como antes
Nunca verei denovo meu amor
Nunca sairei desse túmulo... sem fim

------------------------------------------------------------------
Uma curiosidade sobre o poema acima é que os versos da última estrofe formam algo parecido com uma fechadura. No meu poema ela (fechadura) representa que a liberdade ainda não abriu as portas para uma vida melhor...
------------------------------------------------------------------


Viúva Negra

Eu fui picada
Eu fui imortalizada
Pela viúva negra

Não virei o homem aranha
Mas eu senti um breve arrepio
Eu estremeci
Eu adormeci
Tudo isso por causa de uma picada
A picada da viúva negra

Eu estou entrando em coma
Amor, por favor não me abandona
Se por acaso eu morrer
Eu quero você do meu lado até o último segundo
E eu vou contar
Não importa o quanto durar
Não solte da minha mão
Eu fui picada pela viúva negra

----------------------------------------------------------------------------

A Viúva Negra foi a que deu ao Peter (homem-aranha) seus poderes
---------------------------------------------------------------------------


Você Fala com o Coração

Você é meu melhor amigo
Disso nunca eu duvidei
Eu estou tentando te ajudar
Pode pelo menos parar e me escutar?

Se você gosta dela eu não me importo
Nossa amizade continua igual
Mas não ponha tudo a perder
Estou te lembrando para não esquecer!

Eu sinto em minhas veias
Que ela é especial para você
Você não fala com palvras, você fala com o coração
Isso eu afirmo com razão!

Não acredite em mim para você ver
As consequências estarão á caminho
Agora eu preciso ir
Senão você vai cair!

Se você cair
Dela vai desitir
Eu estou te apoiando
Mesmo que seja apenas conversando!

Conte com os amigos
Eles sabem o que é melhor
Olhe nos meus olhos e diga
Eu tenho orgulho de te ter como amiga!

---------------------------------------------------------------------
Esse poema é uma homenagem ao Matheus Zambelli, e Milena Saviolli... te amo galera!!
----------------------------------------------------------------------

By: Rafaela

Nenhum comentário:

Postar um comentário