9 de jun de 2012

Sessão Documentário - Kennedy

O Assassinato de John F. Kennedy

Los Angeles, 1968. Quatro anos e meio após o assassinato do presidente John F. Kennedy, seu irmão mais novo, o senados por Nova York, Robert Kennedy também concorre a presidencia. Embora tenha entrado tarde na corrida, o senador Kennedy espera que sua mensagem pacifista o ajude a conseguir a candidatura democrata e a ampliar o legado político de sua família.

"Não podemos dizer que estamos felizes ou contentes se 590 americanos foram mortes no Vietnã na última semana e se há túmulos na capital da nação. Acho que poderiams estar melhor". (Robert Kennedy)


- "Muitos americanos o viam como sucessor do irmão como a esperança para unir o partido democrata que estava se desintegrando devido ao Vietnã e aos direitos civis."

Mas, em vez da vitória, na noite de 5 de julho de 1968 trouxe a tragédia. Ao contrário dos assassinatos de JFK e Martin Luter King, um suspeito de 24 anos foi preso na cena do crime. Para os investigadores, o caso estava encerrado. "As evidências contra Sirhan eram esmagadoras". Um ano depois, um juri condenou Sirhan por homicídio doloso. Mas com o passar dos anos começaram a questionar este veredícto. "Meu cliente não matou Robert Kennedy, seria impossível". "Outra arma pode ter sido usada. É um crime não solucionado. A investigação da polícia de L.A. falhou, fracassou e foi encoberta".

Outros reconhecem as falhas da investigação, mas acham que a culpa de Sirham é indiscutível. "A polícia de L.A. pegou o homem certo por motivos errados. Sirham o matou e agiu sozinho."

Por que a polícia de L.A. destruiu o que alguns consideram provas cruciais? E por que Sirham não se lembra de ter atirado?

"É a minha letra, são meus pensamentos, mas não me lembro deles. São escritos de um maníaco. Não de alguém que sou agora". (Sirham)

"A mente dele estava controlada. Foi programado para atirar e programado para esquecer".
"Não é questão de acreditar ou não e sim saber onde estão as evidências históricas".


 http://www.documentarios.org/video/adquirir

By: Rafaela

Nenhum comentário:

Postar um comentário